Receba nossas atualizações:

10.04 2019
Game of Thrones: Cenários que você pode visitar

Sevilha tem um centro histórico incrível, uma arquitetura sensacional, muita arte, gente bonita e um bom clima, isso não é novidade para nenhum turista que já visitou ou pretende visitar a cidade. A fotogenia da cidade não encanta só aos turistas, como também aos produtores da série Game of Thrones, que já rodaram a série em vários lugares da província. O que muitos desses turistas ignoram é que o entorno da capital andaluza alberga muitas cidadezinhas e vilarejos incríveis. É o caso do Conjunto Arqueológico de Itálica, em Santiponce, a somente 7km do centro de Sevilha e, candidata a Patrimônio da Humanidade.

Itálica foi a primeira cidade que o Império Romano fundou fora do território italiano, por volta do ano 206 a.C. Não era uma cidade qualquer dentro do Império Romano, além de ser uma cidade rica e sofisticada, foi onde nasceram os imperadores Trajano, Adriano e Teodosio. Sim, esses imperadores eram sevilhanos!

Conhecer a casa de antigos imperadores gera muita curiosidade. Além disso, entre outros atrativos dessa conservada cidade romana estão os mosaicos, termas, esculturas, ruínas e o anfiteatro, onde foram filmadas cenas da super famosa série Game of Thrones.

Poço Dragão – Game of Thrones 7×07

Game of Thrones

Recentemente, o anfiteatro de Itálica se converteu no Poço Dragão, no capítulo final da 7ª temporada da série Game of Thrones. Essa foi a cena que houve mais protagonistas juntos até então. Na série, o Poço Dragão está localizado na cidade fictícia de Desembarque do Rei.

SPOILER: A oitava temporada, que começa no próximo fim de semana, teve filmagens em Itálica também.

Graças a isso, esse conjunto arqueológico teve uma enorme difusão midiática, o que aumentou de forma considerável o número de visitas à Itálica.

Game of Thrones em Itálica

Game of Thrones em Itálica

O anfiteatro de Itálica foi construído na época do imperador Adriano e tinha capacidade para 25 mil pessoas, sendo o quarto em capacidade do Império. Nele, como em outros anfiteatros romanos, os principais eventos acolhidos eram os enfrentamentos entre gladiadores e lutas de animais.

Anfiteatro

A cidade

O mais legal de visitar Itálica é que você vê que era uma cidade de verdade! Não são ruínas aleatórias colocadas uma do lado da outra. Para conhecer toda essa cidade são necessárias pelo menos 2 horas.

Ruas da antiga cidade romana

Passear pelas ruas dessa antiga cidade romana é como uma viagem ao passado. Dá pra notar como eram as distribuições dos comércios, cômodos das casas, e até as divisões dos “bairros”.

A melhor parte de passear pela antiga cidade é viajar imaginando como era a vida alí.  Existem ruínas de várias casas, como a Casa da Exedra, a Casa de Netuno, a Casa dos Pássaros e a Casa do Planetário. Estas casas tinham como característica um pátio interior (antecipando a tendência dos pátios andaluzes). O mais interessante pra mim, foi ver os vários mosaicos que adornavam o chão dessas casas; é impressionante o estado de conservação deles.

Leia também: Onde se hospedar em Sevilha

Passeando pela cidade também é possível apreciar as Termas Maiores. O final de toda essa água era o esgoto; a engenharia já estava presente alí!

Termas maiores

Itálica segue em processo de escavação e investigação, então muita coisa interessante ainda pode ser descoberta. Além disso, alguns eventos teatrais são realizados no anfiteatro hoje em dia.


Para os turistas que visitam Sevilha e querem sair do óbvio, essa é uma ótima opção de turismo perto da cidade. Sem contar que por enquanto é menos concorrido do que os outros pontos turísticos da capital andaluza. Mas não se confunda: Ser menos concorrido não significa ser menos interessante, acho que você já notou o valor histórico de Itálica, né?

Informações úteis

Como chegar saindo de Sevilha:

  • Ônibus: Linhas M-170A e M-170B (Sevilla – Santiponce) partindo da estação Plaza de Armas.
  • Carro: Pegar a N-630 na direção Mérida.

Horários:

Janeiro a março / 16 de setembro a dezembro.

Terça a Sábado, das 9h às 18h.

Domingos e feriados, das 9h às 15h.

De abril a 15 de junho

Terça a sábado, das 9h às 20h.

Domingos e feriados, das 9h às 15h.

16 de junho a 15 de setembro

Terça a domingo, das 9h às 15h.

Segundas-feiras, aberto somente quando é feriado.

Ingressos:

  • Cidadãos da União Européia, grátis.
  • Outros países, € 1,50.

Mais informações na página oficial.

Beijos e boa viagem 🙂

08.02 2019
Sevilha: Curiosidades sobre La Giralda que você não sabia!

Toda cidade turística tem seu ícone. O ícone de Sevilha e a menina dos olhos dos sevilhanos se chama Giralda. Essa torre, ao lado da Catedral de Sevilha, é sem dúvida o monumento mais conhecido e fotografado da cidade. Está na  lista de Patrimônios da Humanidade desde 1987 e foi construída durante o século XII, na era muçulmana.

La Giralda Rota Amada

Sua história e valor, tanto cultural como religioso, tornaram a Giralda num dos edifícios mais importantes da Espanha, e à primeira vista deixa uma impressão dourada e duradoura. Como tudo que tem muita história tem muita curiosidade, vamos desvendar alguns segredos dessa torre emblemática. Preparados?

De onde vem esse nome?

A pergunta que não quer calar… O nome procede da escultura que está em seu topo, beijando o céu azul de Sevilha, o Giraldillo. É uma escultura de bronze que serviu como cata-vento, girando dependendo da direção do vento, daí seu nome. Servia para simbolizar o triunfo do cristianismo sobre a fé muçulmana.

Giralda Rota Amada

El Giraldillo

A fama do Giraldillo fez a torre adotar esse nome, substituindo o nome que Fernando III havia dado depois de reconquistar Sevilha em 1248, esse nome era Triunfo da Fé Vitoriosa.
Há uma réplica do Giraldillo em uma das entradas da Catedral de Sevilla, na Puerta del Príncipe.

Referências

A Giralda foi construída durante a era muçulmana, embora a parte superior tenha sido concluída pelos cristãos. Foi inspirada na torre da Mesquita Koutoubia em Marrakech, Marrocos.

Mesquita Koutoubia Rota Amada

Mesquita Koutoubia

Reza a lenda que quando Sevilha ia se render durante a Reconquista, os muçulmanos pediram para derrubar a Giralda para que os cristãos não entrassem nela. Furioso, Alfonso X decidiu intervir e ameaçou os muçulmanos de cortar uma cabeça para cada tijolo que a Giralda tivesse. Imagina!!

Com isso os muçulmanos decidiram (sob pressão) não derrubar a torre e foram embora, deixando a Giralda intacta fazendo parte da história da cidade. Para nooossa alegria!

Leia também: O que fazer em Sevilha

Dimensões

A torre junto ao Giraldillo possui 104 metros de altura. Durante vários séculos foi a torre mais alta da Espanha e uma das mais altas da Europa. Pra você ter uma ideia, a Giralda é mais alta do que o Big Ben de Londres, e mede quase o dobro da Torre de Pisa, na Itália.

La Giralda Rota Amada

A Giralda foi o edifício mais alto de Sevilha, até que chegou um edifício polêmico: A Torre Pelli (ou Torre de Sevilha), um arranha-céu de 178 metros de altura.

La Giralda Torre de Sevilla Rota Amada

Torre de Pelli vista a partir de La Giralda

Houve uma briga judicial por bom tempo, porque discutiam se um edifício moderno e mais alto do que a Giralda afetaria os edifícios de Sevilha que são Patrimônios da Humanidade. Mas a briga acabou e as duas torres seguem em paz desempenhando suas funções.

Aparições literárias

Para subir ao topo da Giralda você tem que subir 35 rampas! O motivo delas é que o sultão gostava de subir montado a cavalo para admirar as vistas de Sevilha. Dan Brown, autor de O Código da Vinci decidiu mudar as rampas por escadas, e fez um retrato polêmico de Sevilha em seu livro “Fortaleza Digital” que se passa na cidade.

E em “Dom Quixote”, obra de Miguel de Cervantes, também há referências sobre a torre.

Leia também: Os encantos de Granada!

Sinos nomeados

A torre do sino da Giralda tem 24 sinos e cada um deles tem um nome. O sino maior e mais pesado possui mais de 5 toneladas, seu nome é Santa María Mayor.

La Giralda sinos Rota Amada

La Giralda Rota Amada campanas

Patio de los Naranjos

O lado oeste da Giralda tem vista para o Patio de los Naranjos: Um pátio paisagístico da Catedral de Sevilha, herança da mesquita almóada, cheio de pés de laranja! Em seu centro há uma fonte moderna que toma o lugar do antigo sabil.

Patio de los naranjos RotaAmada

Patio de los Naranjos

Na saída para o pátio, uma das portas da Giralda recebe o nome de “Lagarto” devido a uma lenda que trata de uma proposta de casamento rejeitada. O sultão do Egito pediu a mão da filha do rei Afonso X e lhe alguns presentes, entre os quais se destacaram um crocodilo e uma presa de elefante. Segundo a lenda, o rei rejeitou a proposta e os presentes foram enviados para a Catedral, que foram pendurados na frente da porta em questão da Giralda. Presente original, né?

giralda lagarto

La Giralda pelo mundo

E a construção da Giralda foi tão popular que serviu de referência em todo o mundo. Por exemplo, em NY havia uma réplica (mais alta do que a de Sevilha). Ficava ao lado do Madison Square Garden até ser demolida para dar lugar a um prédio de escritórios.

La Giralda de NY

La Giralda de NY

No Kansas, também há uma torre, mas é menor do que a original.
A torre sevilhana serviu também de inspiração para elaborar a Torre da Universidade de Porto Rico. Mas não termina por aqui, em Cuba há uma réplica do Giraldillo, que leva o nome de Giraldilla. Queremos uma no Brasil também!!


Giralda Rota Amada

A torre mais popular de Sevilha continua sendo um dos símbolos mais importantes da cidade, desde os tempos medievais. Por isso, é um dos lugares must see da cidade. Se você tiver a oportunidade de visitar Sevilha não deixe de conhecer a menina bonita da cidade, La Giralda!

Beijos e boa viagem 🙂

 

Isabelle

Mais conhecida como Belle, carioca, 28 anos, casada e formada em Administração de Empresas. Apaixonada por conhecer novas culturas e pessoas, gastronomia e blogs. Meu sonho é conhecer cada cantinho do mundo e o meu lema é: Viagem é o único bem que compramos que nos torna mais ricos.

Glaucia

Conhecida como Gal, engenheira e cidadã do mundo. Desde criança já amava mapas e sonhava conhecer o mundo. Apaixonada por pessoas e diferentes culturas, topa qualquer tipo de destino. Muito curiosa e inquieta, daquele tipo de pessoa que se atrai pelo que é novo e diferente, está sempre planejando a próxima viagem!

        

Facebook

Instagram

Booking.com

Cotação

1
3.95

Feriados
no Brasil

DSTQQSS
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19

Sexta-feira Santa

20
21

Páscoa // Tiradentes

22
23
24
25
26
27
28
29
30