Receba nossas atualizações:

Valle Nevado – bate e volta

Home > Destinos > América do Sul > Chile > Valle Nevado – bate e volta

25.08 2016
Valle Nevado – bate e volta
1

Quando nós viajamos para o Chile não tivemos a oportunidade de passar alguns dias no Valle Nevado, mas resolvemos não perder a oportunidade de pelo menos conhecer e, por isso, resolvemos fazer um bate e volta.

vista da cordilheira dos andes e de santiago

Para aqueles que ainda não sabem, o Valle Nevado é um centro de esqui situado na Cordilheira dos Andes, a 46 quilômetros da cidade de Santiago. Ele foi criado em 1988 seguindo o padrão dos melhores resorts de esportes de inverno existentes na Europa. Hoje é o maior centro de práticas de esportes relacionados à neve no hemisfério sul com aproximadamente 800 hectares de área para esqui (102 trilhas, dessas 14% são para principiantes, 30% para intermediários, 42% para avançados e 14% para experts).

vista de hotel no valle nevado

A temporada começa em Junho e termina no início de Outubro, mas o ideal é não deixar para ir no final da temporada, pois a camada de neve já começa a diminuir (e claro que o nosso objetivo é ver muita neve! hahaha).

Nós pedimos indicação na recepção do nosso hotel e fechamos com a empresa SkiTotal, que oferece duas opções, o transfer regular com saída do centro de Santiago e também o serviço “hotek pick up” (optamos por esse), com saídas do hotel. Existem outras empresas que fazem o mesmo passeio e são muito usadas também, como a Turistik, TurisTour e SnowTours. Essas empresas dão uma visão geral das estações de esqui, fazendo mais de uma parada: Valle Nevado, El Colorado e Farellones, além de uma parada no meio do caminho para o pessoal descer da van e brincar um pouco na neve.

montanha coberta de neve na cordilheira dos andes

É importante lembrar que aqueles que querem praticar algum esporte na neve devem entrar no site das empresas ou ligar para se informar melhor sobre os passeios que sejam voltados para essa finalidade. O passeio que escolhemos impossibilita a prática de esportes devido ao curto tempo de permanência em cada local, ou seja, é apenas para conhecer a região.

estaçao de neve na cordilheira dos andes

O processo foi muito simples, ligamos e já agendamos para o dia seguinte apenas passando os nossos nomes e o número do nosso quarto.  No dia combinado, a van da empresa estava no nosso hotel no horário e fomos direto para a loja de aluguel de roupas de inverno, já que a maioria das pessoas não tinha as roupas indicadas para enfrentar a neve e as baixas temperaturas (-6 graus no ponto mais alto que visitamos).

estaçao de neve farellones ao fundo da foto

Nosso passeio custou cerca de 30 mil pesos e valeu muito a pena, pois depois de conhecer o caminho até as estações de esqui percebemos que não teríamos conseguido subir por conta própria. No total, são 40 curvas até a entrada de Farellones e El Colorado, e mais 20 até o Valle Nevado. A estrada é muito perigosa e exige muita atenção do motorista por conta das curvas e das condições do asfalto que fica coberto por uma fina camada de gelo.

inicio da subida da cordilheira dos andes

Na última parada, em Farellones, a empresa nos levou até um hotel para almoçar, mas se fizéssemos o passeio novamente pensaríamos em levar um lanche para comer alguma coisa mais leve (já pensando nas curvas da volta) e também pelo alto preço que foi cobrado por um almoço relativamente simples.

Dicas finais:

  • Comer coisas muito leves no café da manhã, pois muitas pessoas passam mal com as diversas curvas no caminho;
  • Levar remédio para enjoo;
  • Usar protetor solar, pois a neve queima sem que a gente perceba (ela reflete os raios solares);
  • Levar óculos escuro para proteger os olhos da alta incidência de raios UV causada pelo reflexo do gelo e da neve.;
  • Abuse do hidratante. O clima frio é implacável com a pele e a deixa queimada e ressecada, especialmente para aqueles que não estão acostumados com essas temperaturas;
  • Usar blusa e calça segunda pele. Mesmo alugando roupas para inverno é importante estar bem prevenido e a segunda pele térmica ajuda a regular a temperatura do corpo;
  • Levar gorro, cachecol e protetor de orelha que são muito importantes para proteger a cabeça e o pescoço do vento e do frio.

Depois dessa experiência maravilhosa já decidimos que voltaremos para o Valle Nevado para nos hospedar na região e aproveitar tudo que ela tem para nos oferecer.

Leia mais: Santiago – o que fazer?

Beijos

Isabelle

Mais conhecida como Belle, carioca, 28 anos, casada e formada em Administração de Empresas. Apaixonada por conhecer novas culturas e pessoas, gastronomia e blogs. Meu sonho é conhecer cada cantinho do mundo e o meu lema é: Viagem é o único bem que compramos que nos torna mais ricos.

Glaucia

Conhecida como Gal, engenheira e cidadã do mundo. Desde criança já amava mapas e sonhava conhecer o mundo. Apaixonada por pessoas e diferentes culturas, topa qualquer tipo de destino. Muito curiosa e inquieta, daquele tipo de pessoa que se atrai pelo que é novo e diferente, está sempre planejando a próxima viagem!

        

Facebook

Instagram

Booking.com

Cotação

1
3.92

Feriados
no Brasil

< VoltarDezembro 2018Próximo >
DSTQQSS
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25

Natal

Natal

26
27
28
29
30
31