Receba nossas atualizações:

Os encantos de Granada!

Home > Destinos > Europa > Espanha > Os encantos de Granada!

26.09 2016
Os encantos de Granada!
2

A Espanha é um país super multicultural se comparada com a maioria dos outros países desenvolvidos. Durante séculos, o país foi palco da cultura árabe e isso deixou muitas marcas fortes, tanto geneticamente quanto culturalmente em várias cidades, Granada é uma delas .

Granada é uma cidade espanhola de médio porte, com menos de meio milhão de habitantes. Embora tenha muitas opções em termos de pontos turísticos, à primeira vista parece não ter muito o que fazer, mas quando você considera quanto tempo deve passar lá e o que fazer, vai perceber que um dia em Granada nunca é suficiente.

Granada tem o seu quociente usual de igrejas e museus típicos para uma cidade do sul da Europa. No entanto, Granada tem a Alhambra, que é considerada por alguns como uma das 10 maravilhas do mundo.

Caso você não saiba, a Alhambra é um enorme castelo construído ao longo de muitos séculos, composto por jardins, fortes e palácios suntuosos. Foi o lar de muitos dos sultões árabes que governaram toda a província, por isso recebeu o melhor em decoração de interiores e arquitetura.

O Alcorão continuamente repete a ideia de que o céu é um jardim com água corrente. A partir desta perspectiva pode-se dizer que a Alhambra é uma tentativa árabe para criar o céu na terra.

alhambra

Hoje em dia, dois milhões de pessoas visitam os palácios cada ano e 8.500 pessoas visitam a Alhambra todos os dias. É, portanto, o monumento mais visitado da Espanha. Incrível, não?

A ostentação da Alhambra é tão grande que você pode até precisar de mais de um dia para ver tudo. Com ingressos limitados emitidos a cada dia, fique preparado para ficar na fila por um longo tempo.

fila alhambra                                                                                                                Fila para a Alhambra

Alternativamente, você pode reservar uma visita guiada Alhambra que lhe permite ignorar a fila e você fica com entrada garantida (maravilhaaaa). Essa foi a nossa opção, sem sombra de dúvidas, a melhor!

Os jardins de Generalife, exuberantes e imponentes são especialmente perfumados na primavera e têm canteiros coloridos e bem aparados, piscinas geométricas e fontes e todos os tipos de floreios arquitetônicos surpreendentes.

A parte inesquecível é o Palácio de Generalife, que está no topo da colina onde os árabes passavam seus verões na sombra e água fresca.

Bem em frente à Alhambra fica o Albaicín, que é o antigo bairro árabe localizado na colina. É famoso por suas ruas calçadas com pedras e casas caiadas de branco. Apesar de vários séculos a cidade ainda mantém um forte sentindo árabe (a etnia árabe foi extinta de lá há pouco mais de 500 anos atrás).

Imagino que o Albaicín seja um paraíso para um pintor porque em quase toda virada de cabeça há uma visão atraente, quase sempre envolvendo vislumbres da Alhambra.

Se você for a uma loja que vende qualquer cerâmica granadina típica (fundo branco com fortes formas azuis), se prepare para ler o refrão frequentemente citado: “Dê-lhe mulher esmola porque não há nada tão ruim quanto ser cego em Granada”.

PS: Vá ao Mirador de San Nicolas e você vai entender o que esse refrão quer dizer!

Mirador de San Nicolas – Alhambra vista por fora

Após essas visitas nas alturas, não deixe de visitar a Catedral de Granada: Uma igreja renascentista que rendeu a Diego de Siloé o desafio de encontrar a “solução perfeita” para o acoplamento de uma cúpula renascentista com um traço gótico. Ele uniu a planta circular com a basilical, o que lhe valeu o reconhecimento dos arquitetos da época.

A capela-mor resume a grandeza deste edifício. A cúpula da capela está decorada com belos vitrais, esculturas e pinturas. A fachada principal é barroco. Nas capelas laterais excelentes pinturas são preservadas. Esta catedral é uma das obras que representam o renascimento espanhol. Este magnífico edifício é a segunda maior catedral da Espanha.

Por último, mas não menos importante, Granada é uma cidade universitária. Logo, há muitos bares pra todos os lados. O que acontece na maioria dos bares é que você paga a bebida e ganha (grátis mesmooo) tapas para acompanhar, ou seja, consumir em bares de Granada é super econômico! Pergunta aos universitários se eles querem trocar de cidade? hahahah


Se você estiver planejando ir à Sevilha, Madri, Córdoba ou Málaga, não deixe de passar uns dias em Granada. Essa cidade é, sem dúvidas, um must see na Andaluzia: Tanta beleza vai funcionar como colírio para os seus olhos.  😉

Beijos e boa viagem! 🙂

Isabelle

Mais conhecida como Belle, carioca, 28 anos, casada e formada em Administração de Empresas. Apaixonada por conhecer novas culturas e pessoas, gastronomia e blogs. Meu sonho é conhecer cada cantinho do mundo e o meu lema é: Viagem é o único bem que compramos que nos torna mais ricos.

Glaucia

Conhecida como Gal, engenheira e cidadã do mundo. Desde criança já amava mapas e sonhava conhecer o mundo. Apaixonada por pessoas e diferentes culturas, topa qualquer tipo de destino. Muito curiosa e inquieta, daquele tipo de pessoa que se atrai pelo que é novo e diferente, está sempre planejando a próxima viagem!

        

Facebook

Instagram

Booking.com

Cotação

1
3.91

Feriados
no Brasil

< VoltarMarço 2019Próximo >
DSTQQSS
1
2
3
4
5

Carnaval

6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31